Bob Dylan quer impedir exibição de filme difamatório

Bob Dylan pediu aos seus advogados para impedir o lançamento de um filme sobre uma das atrizes de Andy Warhol que, na sua opinião, o difama.O filme Factory Girl conta a história trágica de Edie Sedgwick, umas das modelos preferidas da famosa "Factory" artística de Warhol, que depois de um breve momento de fama foi engolida pelo vício em heroína e se suicidou em 1971 com uma overdose. No filme, com Sienna Miller no papel principal, é dado um amplo destaque à história de amor entre Bob Dylan e a moça que, segundo o roteiro, é deixada pelo cantor e mergulha em uma profunda depressão. No filme, o personagem de Dylan é chamado pelo nome de Danny Quinn, mas qualquer um que o assista não tem dúvidas sobre a identidade daquele que é apresentado como o cínico amante da modelo. Os advogados de Dylan pediram que o filme não seja exibido por ser "difamatório". Factory Girl está programado para chegar às telas norte-americanas em 27 de dezembro próximo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.