"Bicho de Sete Cabeças" vence Grande Prêmio BR

Com sete prêmios, Bicho de Sete Cabeças foi o grande vencedor do Grande Prêmio BR de Cinema. O filme de Laís Bodanzky ganhou nas categorias melhor filme de ficção, melhor direção, ator (Rodrigo Santoro), ator coadjuvante (Othon Bastos), roteiro, montagem e trilha sonora. Xangô de Baker Street, de Miguel Faria Jr, ficou com três prêmios. Ao todo eram 16 categorias. O documentarista Eduardo Coutinho ganhou o prêmio de melhor documentário por Babilônia 2000, Juliana Carneiro de Souza é a melhor atriz por Lavoura Arcaica e Walter Carvalho venceu na categoria fotografia também por Lavoura Arcaica.Confira a lista dos vencedores do Grande Prêmio BR de Cinema. Longa-metragem de ficção - Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky.Longa-metragem documentário - Babilônia 2000, de Eduardo Coutinho.Diretora - Laís Bodanzki, por Bicho de Sete Cabeças.Atriz - Juliana Carneiro da Cunha, por Lavoura Arcaica.Ator - Rodrigo Santoro, por Bicho de Sete Cabeças.Atriz coadjuvante - Laura Cardoso, por Copacabana.Ator coadjuvante - Othon Bastos, por Bicho de Sete Cabeças.Fotografia - Walter Carvalho, por Lavoura Arcaica.Direção de Arte - Marcos Flaksman, por O Xangô de Baker Street.Roteiro - Luiz Bolognesi, por Bicho de Sete Cabeças.Montagem - Jacopo Quadri e Letizia Caudullo, por Bicho de Sete Cabeças.Trilha Sonora - André Abujamra, por Bicho de Sete Cabeças.Som Direto - Jorge Saldanha, por O Xangô de Baker Street.Edição de Som - Miriam Biderman, por O Xangô de Baker Street.Filme estrangeiro - Amores Brutos, de Alejandro González Iñarrito.Curta-metragem - Meu Compadre Zé Ketti, de Nelson Pereira dos Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.