"Bicho" abre competição do Festival de Locarno

Final Fantasy abre nesta quinta-feira o 54º Festival Internacional de Cinema de Locarno, com as presenças do diretor Hironobu Sakagushi e da atriz virtual, a cibernética, Aki Ross. Na sexta-feira, o brasileiro Bicho de Sete Cabeças abre a competição, projetado num cinema com capacidade para três mil pessoas. Só dia 12, depois de vistos os outros 18 concorrentes, se saberá se o filme de Laís Bodanzky terá conseguido o mesmo sucesso obtido nos festivais de Brasília e Recife. Indiscrições revelaram que Bicho de Sete Cabeças era também candidato ao Festival de Veneza, mas diante da presença de Abril Despedaçado, de Walter Salles, a diretora do Festival de Locarno, Irene Bignardi, conseguiu ficar com o filme. Assim, se assegurou a presença brasileira em dois importantes festivais mundiais. O Bicho, premiadíssimo, tem também o apoio do lobby da Fabrica da Benetton e do ex-diretor do Festival de Locarno, Marco Muller, seus principais produtores. O média-metragem brasileiro de Joel Pizzini, sobre Glauce Rocha, com o título Glauces - Estudo de um Rosto, será apresentado fora de competição na mostra Cineastas do Presente - Vídeo.Chen Kaige, cineasta chinês, diretor de Adeus Minha Concubina, vai receber um Leopardo de Honra. Haverá tambem homenagem à revista Cahiers du Cinema, por seus 50 anos, e ao Sundance Institut, responsável pelo Sundance Film Festival, que completa 20 anos.O Festival Internacional do Cinema de Locarno exibirá 101 filmes, dos quais 16 serão projetados no telão de 300 metros quadrados da Piazza Grande, da cidade suíço-italiana de Locarno. Entre eles, o esperado remake de Planeta dos Macacos, de Tim Burton, com a presença do diretor. Dirigido por Irene Bignardi, a crítica de cinema do jornal italiano Republica, o Festival de Locarno, cujo logotipo desta 54º edição é um sapato alto de mulher, é fortemente feminista - dos nove membros do juri, seis são mulheres. "Tremam, tremam, as feiticeiras chegaram", diz rindo Irene Bignardi, repetindo um slogan feminista dos anos 70.

Agencia Estado,

01 de agosto de 2001 | 20h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.