Biblioteca do Congresso dos EUA elege 25 clássicos do cinema americano a serem preservados

Filmes como 'Pulp Fiction', ' O Julgamento de Nuremberg' e 'Sete Homens e um Destino' fazem parte da lista

Brett Zongker, Associated Press

18 Dezembro 2013 | 15h01

A Biblioteca do Congresso dos EUA incluiu hoje mais 25 filmes no National Film Registry. A seleção é composta de produções consideradas fundamentais na história do cinema do país – e que, portanto, devem ser preservados pelo governo.

“Filmes mais antigos correm o risco de se perder, então devemos protegê-los para garantir a permanência da herança criativa e cinematográfica do país”, diz James Billington, um dos responsáveis pela biblioteca. “Esta lista de 25 filmes demonstra a vitalidade e a diversidade extremas do nosso cinema.”

Na lista, estão clássicos como Pulp Fiction, de Quentin Tarantino; Mary Poppins, de Robert Stevenson; Os Eleitos, de Philip Kauffman; Gilda, de Charles Vidor; Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, de Mike Nichols; e Sete Homens e um Destino, western de John Sturges.

Entre as produções menos conhecidas estão Daughter of Dawn, de 1920, a primeira a contar com um elenco completamente formado por indígenas; Ella Cinders, de Alfred Green, de 1926; Decasia, de Bill Morrison, lançado em 2002; e Idade Perigosa, de William Wellman, de 1933. Outros destaques da lista são o documentário Roger e Eu, de Michael Moore (1994), e O Homem Tranquilo, com John Wayne (1952).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.