Beto Brant representa o Brasil no Sundance

Os latinos chegam em peso ao Festival de Sundance, evento criado pelo ator e diretor Robert Redford e considerado a maior vitrine do cinema independente dos EUA. Dentro das seleções competitivas (divididas entre longas e documentários) e uma especial fora de competição, cujos nomes foram anunciados no começo da noite de segunda, mais de dez produções são dirigidas por cineastas latinos. O único representante brasileiro será O Invasor, de Beto Brant, que será exibido na seleção World Cinema, fora de competição.Os temas desses filmes vão desde a investigação de uma série de crimes contra menores mexicanas na fronteira com os EUA (o documentário Señorita Extraviada, de Lourdes Portillo), o drama de dois irmãos latinos de Nova York tentando escapar da dominação do pai alcóolatra (o longa Manito, que marca a estréia do diretor Eric Eason e participa da competição principal), até o de um traficante de drogas tentando abandonar o comércio das ruas do Bronx.Este último, que passa fora da competição, é Empire, estréia na direção de Frank Reyes e traz como protagonista o ator colombiano John Leguizamo. O longa tem ainda participação especial da atriz brasileira Sônia Braga, que esteve também representada no Sundance 2001, com o longa Perfume.Além da invasão latina, que ainda será acompanhada de um simpósio sobre o tema, Sundance 2002 já nasceu com duas outras tendências: longas sobre temática asiática e, na competição oficial, segundo Geoffrey Gilmore, co-programador do evento, "ênfase em filmes excêntricos".Dos 16 títulos que concorrem no Festival, 4 deles prometem chocar. Em Bark, que marca a estréia na direção de Kasia Adamik, filha da cineasta polonesa Agnieszka Holland (de Europa, Europa), Lisa Kudrow (do seriado Friends) interpreta mulher que acredita ser um cachorro e deve ser tratada como tal pelo marido. Já Cherish, novo longa da cineasta Finn Taylor (de O Acordo), Robin Tunney é uma mulher mantida presa dentro de casa durante dois anos, depois de ter causado acidente automobilístico enquanto dirigia alcoolizada.Love Liza marca a estréia na direção do ator Todd Louiso (que fez papel secundário em Alta Fidelidade, estrelado por John Cusack). Nessa trama, o ator Phillip Seymour Hoffman (de Magnólia e O Talentoso Ripley) cria um designer de websites devastado com o suicídio da mulher e que fica viciado em inalar gases químicos. A jovem atriz Christina Ricci, uma excêntrica por natureza, completa a lista das esdruxularias com Pumpkin, no qual interpreta uma estudante que se apaixona por um deficiente físico. Os diretores Tony Abrams e Adam Larson Broder prometem comédia sem qualquer correção política. Entre os documentários, estão histórias sobre o pensador francês Jacques Derrida (Derrida); o líder sindical James Hoffa (American Standoff); e as Cockettes, grupo de hippies e drags que dominaram o cenário underground de São Francisco nos anos 70 (The Cockettes).Para evitar ser acusado de protecionismo, pois o nome de Redford aparece como um dos produtores, a organização passou o longa End of Love, comédia de humor negro estrelada por Steve Buscemi e Carol Kane baseada na novela Reigen, de Arthur Schnitzler, para fora da competição. Na seleção American Spectrum, será apresentado o drama Stolen Summer, dirigido por Pete Jones e produzido pelos atores Matt Damon e Ben Affleck. O enredo conta a história de um coroinha que tenta converter um rabino e família em católicos.Da seleção de Sundance 2001, dois filmes ficaram notórios: o musical Hedwig ? Rock, Amor e Traição, já em cartaz nos cinemas de São Paulo, e Amnésia (Memento), campeão de bilheteria do ano entre os independentes e que deve surpreender na próxima edição do Oscar, com uma já assegurada vaga de melhor roteiro original.Por conta dos Jogos Olímpicos de Inverno de Salt Lake City, marcados para início de fevereiro, o Festival de Sundance começa uma semana mais cedo: vai de 10 a 20 de janeiro. A segurança, obviamente, será estreita, advertem os organizadores do evento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.