'Beowulf' derrota abelhas de Seinfeld nas bilheterias dos EUA

Longa com Ray Winstone e Angelina Jolie vende R$ 56,1 milhões nos 3 primeiros dias em cartaz

Dean Goodman, da Reuters,

07 de novembro de 2019 | 13h36

O épico de batalha medieval A Lenda de Beowulf estreou no 1.º lugar das bilheterias norte-americanas no fim de semana e introduziu uma era nova, na medida em que quase metade de suas vendas veio de cinemas com 3-D. Misto inovador de ação ao vivo e animação, o filme do diretor premiado com o Oscar Robert Zemeckis vendeu US$ 28,1 milhões (R$ 56,1 milhões) em seus três primeiros dias em cartaz. Foi o maior lançamento na história recente do 3-D, tendo sido exibido em 742 cinemas em 3-D nos EUA e Canadá. O filme, que custou US$ 150 milhões (R$ 300 milhões), traz o ator britânico Ray Winstone como o corajoso guerreiro Beowulf, do século VI. Angelina Jolie e Anthony Hopkins também estão no filme, sendo seus personagens apresentados num misto de animação e realidade. O desenho animado Bee Movie, de Jerry Seinfeld, caiu para o segundo lugar nas bilheterias, arrecadando US$ 14,3 milhões (R$ 28,6 milhões) em seu terceiro fim de semana em cartaz. O drama American Gangster, com Denzel Washington e Russell Crowe, foi o terceiro colocado, com US$ 13,2 milhões (R$ 26,4 milhões) vendidos no fim de semana.  A comédia natalina Fred Claus, em que Vince Vaughn faz o irmão mais velho de Papai Noel, caiu para a quarta posição, totalizando US$ 35,8 milhões (R$ 71,6 milhões) em duas semanas em cartaz. Dustin Hoffman estreou como empresário do setor de brinquedos na fantasia A Loja Mágica de Brinquedos, que estreou na quinta posição, com vendas de US$ 10 milhões (R$ 20 milhões). Duas adaptações literárias, ambas estreladas pelo ator espanhol Javier Bardem, entraram para os Top 10: Onde os Fracos Não Têm Vez, a versão criada por Joel e Ethan Coen do thriller de Cormac McCarthy, saltou oito posições para a sétima, e O Amor nos Tempos de Cólera, adaptado por Mike Newell do romance de Gabriel García Márquez, estreou na décima posição, com vendas de US$ 1,9 milhão (R$ 3,8 milhões).

Tudo o que sabemos sobre:
BeowulfSeinfeldbilheterias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.