Divulgação - 18/09/2010
Divulgação - 18/09/2010

Benicio Del Toro estreia como diretor em projeto cubano

Co-produção hispano-francesa conta com a participação de outros seis diretores

ANSA,

05 de março de 2011 | 17h55

O ator porto-riquenho Benicio del Toro estreia em Havana como diretor de Sete dias em Havana (em livre tradução do espanhol), que conta a história de um ator norte-americano que descobre a capital cubana pra além de seus centros turísticos.

 

Com 15 minutos de duração, a história integra um longa-metragem de co-produção hispano-francesa com orçamento de três milhões de euros (RS$6,92 milhões, na cotação atual), e é protagonizada pelos atores cubanos Daisy Granados (de Retrato de Teresa, 1979) e Vladimir Cruz (de Morangos e Chocolate, 1994).

 

A produção conta com a participação de outros seis diretores: o diretor espanhol Julio Medem, famoso por filmes Lúcia e o Sexo (2001) e Os Amantes do Círculo Polar (1998), o argentino Pablo Trapero, de Leonera (2008) e Família Rodante (2004), o argentino Gaspar Noé, de Irreversível (2002), o cubano Juan Carlos Tábio, de Morango e Chocolate (1979), o palestino Elia Suleiman, de O Tempo que Resta (2005,) e o francês Laurent Cantet, de Entre os Muros da Escola (2008).

 

Ao apresentar o projeto em Havana, em dezembro do ano passado, o produtor espanhol Alvaro Longoria declarou que cada cineasta colocaria os olhos em uma cidade em que todos levam vidas diferentes, mas acabam por se encontrar.

 

No filme, cuja estreia está prevista para o final de 2011, interviram os escritores cubanos Leonardo Padura e Eliseo Antunaga.

Tudo o que sabemos sobre:
Benicio Del ToroCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.