Lucy Nicholson/REUTERS
Lucy Nicholson/REUTERS

Ben Affleck negocia direção de nova versão de 'Testemunha de Acusação'

O ator também vai protagonizar adaptação do livro de Agatha Christie, já transformado em filme pelo diretor Billy Wilder

EFE

21 de agosto de 2016 | 17h49

Ben Affleck está na última fase das negociações para dirigir e protagonizar uma nova versão de Testemunha de Acusação, livro da escritora britânica Agatha Christie, informou o site Deadline.

O livro que retrata um julgamento sobre um caso de assassinato com surpreendentes reviravoltas na trama teve uma célebre adaptação ao cinema em 1957 pelas mãos do diretor Billy Wilder, que contou no elenco com Tyrone Power, Marlene Dietrich e Charles Laughton.

Se as negociações com o estúdio 20th Century Fox forem concluídas, Affleck assumirá a nova versão de Testemunha de Acusação como protagonista, diretor e, além disso, participará da produção do filme. O roteiro, por sua vez, será responsabilidade de Christopher Keyser.

Vencedor de um Oscar como roteirista junto com Matt Damon por Gênio Indomável (1997) e de outra estatueta de melhor filme por Argo (2012), Affleck estreou no universo cinematográfico dos super-heróis neste ano ao assumir o manto do homem-morcego em Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Dentro do mesmo universo, o ator já tem a presença confirmada no filme da Liga da Justiça e também deve escrever, dirigir e protagonizar um novo filme solo de Batman.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.