Belga leva a Cannes o drama dos imigrantes ilegais

O drama de imigrantes ilegais nos Estados Unidos ganhou hoje as telas de Cannes com From the Other Side, da diretora belga Chantal Akerman. O filme foi inspirado nas notícias sobre assassinatos de mexicanos que cruzam a fronteira, cometidos por fazendeiros americanos.A diretora rodou From the Other Side na região de Agua Prieta, no México, onde as pessoas aguardam o momento certo de cruzar a fronteira com os Estados Unidos, na cidade de Douglas, no Arizona, e no deserto que os imigrantes tentam atravessar - e onde não raro morrem, de sede, fome, frio ou baleados pelos fazendeiros.Chantal, cineasta de filmes intimistas como Je, Tu, Il, Elle e Les Rendez-vouz d´Anna, mostrou desta vez um filme-denúncia, forte, que toca em "um tema velho como o mundo": as multidões que se movem atrás de melhores condições de vida e as reações contra elas. Reações que, por mais duras, não bastarão jamais, pois, como disse a diretora, "não se pode parar a quem tem fome".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.