Divulgação
Divulgação

'Batman' lidera as bilheterias nos EUA e Canadá

Filme faturou quase 64,1 milhões de dólares, uma queda de 60% em relação à estreia

Reuters

29 de julho de 2012 | 17h32

Batman, o Cavaleiro das trevas ressurge ocupou o topo das bilheterias neste final de semana, com quase 64,1 milhões de dólares em vendas de ingressos nos Estados Unidos e Canadá, uma queda de 60 por cento em relação à estreia na semana passada, após o tiroteio em um cinema do Colorado.

A redução na venda de ingressos para o filme, que traz no elenco Christian Bale como o super-herói dos quadrinhos, perdeu em desempenho com relação ao filme anterior, de 2008, O Cavaleiro das Trevas, que caiu 53 por cento no segundo fim de semana de estreia, faturando 75 milhões de dólares.

A queda também foi mais fraca que a do grande sucesso deste ano, Os Vingadores, que estreou com 207 milhões de dólares no primeiro final de semana em cartaz e caiu em cerca de 50 por cento, para 103 milhões de dólares.

Em 20 de julho, um atirador invadiu um cinema em uma sessão da meia-noite de O Cavaleiro das trevas ressurge em Aurora, no Colorado, e abriu fogo, matando 12 pessoas e ferindo outras 58.

Vem sendo difícil calcular quanto exatamente o massacre impactou nos negócios do filme, que custou para a Warner Bros. cerca de 250 milhões de dólares e dezenas de milhões a mais para sua promoção.

De modo geral, O Cavaleiro das trevas ressurge teve bom desempenho durante a semana e já arrecadou 289 milhões de dólares na venda de ingressos total nos EUA e Canadá.

A bilheteria doméstica de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, por exemplo, caiu 72 por cento, de 169 milhões de dólares em seu primeiro final de semana para 47 milhões no segundo.

Entre os outros títulos em cartaz, a animação A Era do Gelo 4 ficou em segundo lugar nas bilheterias, com 13,3 milhões de dólares nos cinemas domésticos.

(Por Lisa Richwine)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEBATMANBILHETERIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.