Bardem responde críticas e diz que não se vendeu a Hollywood

Em entrevista, ator vencedor do Oscar diz que 'os espanhóis são duros', mas Madri ainda é 'seu mundo real'

Efe,

08 de setembro de 2009 | 11h23

O ator espanhol Javier Bardem afirmou que não "se vendeu a Hollywood", em uma resposta a parte do público de seu país que o critica pelo sucesso que conquistou nos Estados Unidos.   Em entrevista publicada pelo jornal The New York Times, Bardem diz que a capital espanhola, Madri, continua sendo seu "mundo real", e responde às críticas que recebe na Espanha após seu sucesso no cinema americano.   "Os espanhóis são duros. Criticam meu trabalho e dizem que me vendi. Alguns são muito tolos", afirmou Bardem, vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme Onde os Fracos Não Têm Vez, dos irmãos Coen.   "É impossível que o mundo inteiro goste de você. Depois do Oscar voltei a Madri, onde vivo. Queria voltar ao mundo real. Depois da premiação você acaba mudando um pouco, e percebe que todos a seu redor mudaram enormemente", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Javier Bardem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.