Baile Perfumado completa dez anos e sai em DVD

O cineasta pernambucano Lírio Ferreira, que exibe na noite de hoje no 10.º Festival de Cinema Brasileiro de Miami seu novo filme, Árido Movie, revelou que prepara a edição em DVD de Baile Perfumado, longa-metragem em que divide a direção com o também pernambucano Paulo Caldas. ?Quando Baile foi lançado, há dez anos, a carreira dos filmes em DVD não era rápida como hoje. Demorava, no mínimo, um ano e meio para que os filmes fossem lançados em vídeo. Esperamos e quase lançamos em DVD quando completou seis anos. Mas agora, vamos lançar finalmente para comemorar os dez anos do filmes?, contou Ferreira, que finaliza seu mais novo projeto, o documentário Cartola, sobre a vida do sambista carioca, em parceria com Hilton Lacerda (co-roteirista de Amarelo Manga e Árido Movie). Baile Perfumado conta a saga do mascate libanês Benjamin Abrahão (Duda Mamberti), que decide filmar Lampião (Luís Carlos Vasconcelos) e seu bando, pois acredita que este filme o deixará muito rico. Depois de contatos iniciais, Abraão conversa diretamente com o famoso cangaceiro e expõe sua idéia, mas os sonhos do mascate são prejudicados pela ditadura do Estado Novo. Com trilha sonora de grandes músicos como Chico Science, Lúcio Maia (guitarrista da Nação Zumbi), Fred 04 e Siba Veloso. Baile é considerado um dos melhores filmes da retomada do cinema brasileiro e os prêmio de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Aramis Trindade) e Melhor Cenografia no Festival de Brasília. ?Vai ter muito extra bacana. Não gosto de mostrar o making of dos filmes logo que ele é lançado. Acho muito mais interessante depois de anos, quando já houve um tempo para decantar e os detalhes passam a ser mais interessantes?, contou Lírio. ?Tem uma fita em cima da minha TV com milhoes de imagens do Baile. É parar e organizar tudo. Sem contar novas entrevistas com diretores, elenco e equipe que pretendemos fazer. Acho que vai ficar bacana?, finalizou ele, que participa no dia 14 do primeiro Festival de Cinema de Ouro Preto e ainda neste mês do Festival de Cinema de Praga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.