Audiovisual de SP mostra sua força

As telas do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo exibem, a partir desta terça-feira, a batelada de 294 títulos pinçados da produção paulista recente de filmes curtos, vídeos autorais, programas e séries para televisão, filmes publicitários, videoclipes e filmes em Super-8mm, entre vários outros formatos de imagem - como demos, trailers, vinhetas, interprogramas e videoreleases. Trata-se da 15ª edição da Mostra do Audiovisual Paulista, evento criado em 1987 que se constitui em uma vitrine anual da produção de imagens em São Paulo, exibindo trabalhos de maior destaque da última safra, promovendo o lançamento de novas obras e revelando novos e jovens autores. Para se ter uma idéia, metade dos trabalhos são assinados por diretores com menos de 25 anos. Além disso, 95 produções são inéditas em pré-estréia, caso dos dois curtas-metragens programados para a abertura do evento, amanhã às 20h: Demônios, de Christian Saghaard, e Amor Só de Mãe, de Dennison Ramalho. São dois filmes definidos pelo curador do evento Francisco Cesar Filho como "fortes e transgressivos, nos quais o domínio narrativo alia-se a uma linguagem inovadora para levar o espectador a um mergulho no lado negro da alma humana". Os dois filmes da sessão de abertura serão reapresentados ao ar livre. Na quinta-feira, a partir das 19h30, está prevista projeção especial da Mostra na Praça do Projeto Aprendiz (Rua Belmiro Braga, em frente ao número 186, esquina com a R. Ignácio Pereira da Rocha). Também participam da programação nomes conhecidos do grande público, porém com produções de circulação mais restrita: Carlos Reichenbach traz seu vídeo Guarnicê 2000 - Fragmentos e Souvenirs e Tata Amaral lança sua série Cinema Contado (feita em parceria com Sérgio Roizenblit).Beto Brant apresenta o videoclipe Um Bom Lugar (com o rapper Sabotage, recentemente assassinado, numa co-direção com Renato Ciasca, Marcelo Trotta e Willen Dias). A série Cidade dos Homens, produzida pela O2 Filmes e exibida pela Rede Globo, tem três de seus episódios programados: A Coroa do Imperador (dirigido por César Charlone), Uólace e João Vitor (Fernando Meirelles & Regina Casé) e Correio (de Kátia Lund & Paulo Lins). O longa Cidade de Deus tem seu making of e trailer incluídos na programação. A entrada para a Mostra é gratuita, mas é preciso retirar senhas uma hora antes de cada sessão.

Agencia Estado,

24 de março de 2003 | 09h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.