REPRODUCAO DE LIVRO
REPRODUCAO DE LIVRO

Atriz Rhonda Fleming morre aos 97 anos, na Califórnia

Morte confirmada nesse sábado por sua assistente pessoal não teve causa revelada e ocorreu na última quarta

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2020 | 12h07

Morreu a atriz Rhonda Fleming, uma das pioneiras do cinema em cores, aos 97 anos na Califórnia. Quem confirmou a informação à imprensa foi por sua assistente pessoal, Carla Sapon, ao jornal "New York Times", neste sábado (17). 

Rhonda estrelou no longa Quando Fala o Coração (1945), de Alfred Hitchcock. Ela estava internada no hospital Saint John’s Health Center, na cidade de Santa Monica. Apesar de a morte ter ocorrido na quarta, não teve ainda a causa da morte divulgada.

Entre os anos 1940 e 1950, a atriz, considerada uma das divas de Hollywood, estrelou diversos filmes no estilo western. Ela também foi uma importante figura na virada do cinema preto e branco para as cores. Algo que lhe trouxe uma angústia: "De repente, toda a atenção foi direcionada para minha aparência, e não para a minha atuação."

Rhonda é natural de Hollywood, de 1923, e seu nome verdadeiro era Marilyn Louis. Aos 19 anos, sua carreira no cinema começou por ter sido descoberta por um caçador de talentos. Foram ao todo mais de 30 filmes e trabalhos ao lado de nomes como Burt Lancaster, Kirk Douglas e Charlton Heston.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaRhonda Fleming

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.