Wilfredo Lee/AP
Wilfredo Lee/AP

Atores mirins de 'Moonlight' voltam para escola em Miami como heróis

Alex Hibbert e Jaden Piner acharam tudo maravilhoso na festa do Oscar, agora é lidar com a vida real

Pablo Ramón Ochoa, EFE

02 Março 2017 | 09h50

Alex Hibbert e Jaden Piner, dois dos atores de mirins Moonlight: Sob a Luz do Luar, vencedor do Oscar de melhor filme, foram recebidos nesta quarta-feira,3, como heróis em seu retorno triunfal à escola na qual estudam no norte de Miami.

Piner, de 13 anos, quem dá vida a Kevin no filme, afirmou em uma abarrotada entrevista coletiva que tanto ele quanto seu amigo Hibbert, de 12, que interpretou Chiron, o personagem principal, sentem que tudo foi "maravilhoso" nos últimos dias.

O colégio público Norland, que ambos frequentam em Miami Gardens, enfeitou sua fachada com um letreiro de agradecimento que dava o parabéns a Moonlight, dirigido por Barry Jenkins e escrito por Tarel Alvin McCraney.

A professora de Artes Cênicas da escola, Tanisha Cidel, a pessoa que acreditou em seus alunos e os informou do teste para o filme de baixo orçamento, disse que é importante que os pais levem seus filhos a sério quanto têm interesse pela arte.

"Podem ganhar um Oscar", disse Tanisha, que também teve um pequeno papel na produção.

Moonlight: Sob a Luz do Luar conquistou três estatuetas: melhor ator coadjuvante para Mahershala Ali, melhor roteiro adaptado e o prêmio mais importante da noite, o de melhor filme.

Mas não foi um momento qualquer, porque Jaden Piner, Alex Hibbert e o resto da equipe de Moonlight sentiram que todo o "trabalho duro" ficava sem recompensa quando Faye Dunaway e Warren Beatty anunciaram La La Land: Cantando Estações como vencedores na categoria de melhor filme.

Quando já estavam com o "coração partido", o produtor Jordan Horowitz apontou que havia um erro e que Moonlight tinha ganhado o prêmio.

* Confira a lista com os vencedores do Oscar 2017

Então Alex Hibbert levantou a cabeça, aplaudiu e pensou que era uma "boa piada", enquanto Jaden Piner acreditou que Horowitz estava tentando ser "humilde" e amável com seus rivais.

Ambos os atores reconheceram que La La Land era um grande filme e afirmaram que não lembravam muito mais do que aconteceu no palco da cerimônia quando o diretor Barry Jenkins fazia seu discurso improvisado.

Agora chega a parte mais complicada para duas crianças, que fizeram sua estreia em um filme que ganhou o maior prêmio da indústria do cinema.

Perguntado sobre se era possível que o sucesso subisse à cabeça, Alex Hibbert disse que seus pais "geniais" são a chave de tudo e o aconselham sobre o que deve e não deve fazer.

Por enquanto, o pequeno Chiron de Moonlight já tem confirmada sua aparição em uma nova série da emissora Showtime, The Chi

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.