Atores-mirins de favela de Mumbai assistirão ao Oscar

Até poucos dias atrás, os pais eram contrários à viagem, e pediam dinheiro das passagens para aliviar pobreza

Efe,

18 de fevereiro de 2009 | 20h39

Duas das crianças que protagonizam o filme Quem quer ser um milionário? e que moram em favelas de Mumbai irão a Los Angeles para assistir à cerimônia de entrega do Oscar, no qual o longa-metragem tem dez indicações, informou nesta quarta-feira, 18, a agência Ians. Veja também: Os indicados ao Oscar 2009 Rubina Ali, que interpreta a pequena Latika, e Azharuddin Ismail, que faz Salim, o irmão do protagonista (Jamal), viajarão amanhã para Los Angeles para viver um sonho que esteve a ponto de não se concretizar. Até poucos dias atrás, os pais eram contrários à viagem, e pediam ao produtor da fita que desse o dinheiro das passagens de avião para aliviar sua pobreza. Por fim, Rubina viajará para Los Angeles acompanhada do tio, e Azharuddin terá a companhia da mãe. "Acho que todos ganharemos os prêmios, venceremos os dez", disse a um canal de televisão o pequeno ator, que interpretou o personagem de Salim na infância. O filme de Danny Boyle, que ganhou vários prêmios internacionais, gerou polêmica na Índia pela exposição da miséria na qual vivem os habitantes das favelas do país. O secretário-geral do Comitê de Defesa dos Favelados, Tapeshwar Vishwakarma, apresentou um processo contra vários participantes indianos no filme, cuja primeira audiência aconteceu hoje em um tribunal de Patna, no estado de Bihar, norte do país. Segundo ele, o nome do longa (que poderia ser traduzido como "milionário cachorro da favela") "ofende a sensibilidade" dos moradores de comunidades pobres. Os juízes da corte de Patna fixaram uma nova audiência do caso para a próxima segunda-feira, um dia depois do Oscar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.