Stephen Chernin / AP
Stephen Chernin / AP

Ator Rip Torn, da série ‘The Larry Sanders Show’, morre aos 88 anos

Americano construiu uma reputação por sua versatilidade em papéis no cinema, televisão e teatro

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2019 | 07h43

NOVA YORK, EUA - O ator americano Rip Torn, famoso por seu papel na série de televisão The Larry Sanders Show, morreu na terça-feira, 9, aos 88 anos.

Torn construiu uma reputação por sua versatilidade em papéis no cinema, televisão e teatro.

Em 1984 foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu trabalho em Cross Creek, mas perdeu a estatueta para Jack Nicholson em Laços de Ternura.

Na década de 1990, Torn participou do programa The Larry Sanders Show, uma série de comédia que se tornou cult e que é considerada uma das produções mais influentes na era moderna da TV. 

Ele interpretava Artie, o produtor de um programa de entrevistas. Torn ganhou um Emmy em 1996 por seu papel.

O ator, nascido no Texas, também estava no elenco do filme MIB - Homens de Preto, ao lado de Will Smith, uma das grandes bilheterias de Hollywood na década de 1990.

"Torn morreu em paz em sua casa de Lakeville (Connecticut) aos 88 anos de idade, ao lado da mulher e de duas de suas filhas", afirmou o agente Rick Miramontez em um comunicado. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaOscar [prêmio de cinema]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.