Ator Jackie Chan reclama de bebê em cena

O ator chinês Jackie Chan, cujo personagem em seu último filme tinha a função de proteger um bebê de seqüestradores, não se mostrou muito contente com a atuação do bebê. "Quando era hora de gravar uma cena, o bebê dormiu. Nós investimos muito dinheiro nesse bebê para ele ficar dormindo", declarou Chan, que estava vestido com roupas de prisioneiro quando foi entrevistado por repórteres, na última terça-feira. O ator tinha acabado de gravar uma cena em uma prisão de Hong Kong.Chan disse que estava se recuperando de uma lesão no peito que sofreu mês passado quando um dublê o chutou com os sapatos errados. "Quem pensaria que uma ação tão pequena causaria um dano tão grande?", disse o ator, acrescentando que uma radiografia mostrou que ele não teve fraturas, apenas lesões na cartilagem. O astro tem fama de não utilizar dublês em seus filmes e até disse que não se importaria se seu filho Jaycee, também ator, sofresse uma lesão ocasionalmente. "Eu deixaria que ele sentisse como é duro trabalhar e ganhar dinheiro". E mais: "Os filhos tem que conhecer a dureza que é a vida, para que aprendam que o caminho não é suave e livre de dificuldades. Isso é algo que todas as crianças deveriam saber. Se nós pais formos suaves, no final das contas isso será prejudicial". Jackie Chan é um dos atores orientais que faz mais sucesso em Hollywood - ganhou até uma estrela na Calçada da Fama. Além dos filmes que participou, como Bater ou Correr (2000) e Volta ao Mundo em 80 Dias (2004), ganhou uma história em quadrinhos e um desenho animado com o seu nome.

Agencia Estado,

27 de abril de 2006 | 19h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.