Ator ganhador do Emmy é eleito líder do sindicato de Hollywood

O ator Ken Howard foi eleito presidente do Screen Actors Guild (SAG), o sindicato dos atores norte-americanos, após ter conquistado um Emmy pelo filme de tevê "Grey Gardens", da HBO.

REUTERS

25 de setembro de 2009 | 11h12

Howard, que representa uma facção moderada do sindicato rachado por disputas internas, recebeu 47 por cento dos votos na eleição de quinta-feira para substituir Alan Rosenberg, que não tentou um terceiro mandato de dois anos.

Rosenberg pertence a uma facção linha-dura que tentou sem sucesso se opor a um novo contrato de trabalho com os estúdios no início deste ano.

Howard, de 65 anos, propôs laços mais estreitos com o sindicato AFTRA (Federação Americana de Artistas de Televisão e Rádio) para dar aos atores mais poder de barganha em negociações. Membros do SAG rejeitaram por margem estreita uma fusão com o menos representativo AFTRA em 2003.

Howard foi premiado no domingo passado por seu papel coadjuvante como Phelan Beale em "Grey Gardens", projeto baseado no documentário sobre um par de socialites excêntricos que vive na indigência.

(Reportagem de Dean Goodman)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMESINDICATOEMMY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.