Loic Venance / AFP
Loic Venance / AFP

Ator francês Gérard Depardieu é acusado de estupro por uma atriz

Caso envolvendo o artista de 72 anos teria ocorrido em 2018, quando foi reportado à polícia francesa

Redação, AFP

23 de fevereiro de 2021 | 16h20

O ator francês Gérard Depardieu, de 72 anos, foi acusado no dia 16 de dezembro de "estupro" e "agressões sexuais" supostamente cometidos em 2018 contra uma jovem atriz, informou nesta quarta-feira (23) à AFP uma fonte próxima ao caso.

A denúncia foi apresentada à Polícia no final de agosto de 2018. 

A vítima teria sido estuprada em duas ocasiões na casa parisiense do astro alguns dias antes e, no verão de 2020, ela conseguiu que a investigação, inicialmente arquivada pela Promotoria de Paris, fosse confiada a um juiz de instrução.

Contactado pela AFP, o advogado de Depardieu, Hervé Témime, "lamentou que esta informação tenha sido tornada pública".

O famoso e polêmico ator, que está em liberdade sem qualquer tipo de controle judicial, "rejeita totalmente os atos de que é acusado", disse seu advogado. 

A jovem atriz o acusa de vários estupros e agressões sexuais ocorridos nos dias 7 e 13 de agosto de 2018 na casa do ator na capital francesa.

Depois que a Promotoria de Paris arquivou a investigação em junho de 2019, ela entrou com uma nova denúncia e um juiz instrução reabriu a investigação em agosto de 2020.

Segundo uma fonte próxima à investigação, o ator é amigo da família da vítima.

"Não há nada relacionado à atividade profissional" no caso, disse a fonte, apesar de a imprensa francesa ter explicado que as agressões ocorreram durante um ensaio teatral. 

Contactada pela AFP, a advogada da vítima, Elodie Tuaillon-Hibon, pediu que "a privacidade e a intimidade de sua cliente sejam preservadas".

Tudo o que sabemos sobre:
Gérard Depardieu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.