Ator de 'Brokeback Mountain' é encontrado morto em NY

Heath Ledger, de 28 anos, foi encontrado morto em Manhattan; polícia americana supõe morte por drogas

Associated Press,

08 Janeiro 2022 | 20h15

O ator australiano Heath Ledger, de 28 anos, foi encontrado morto no apartamento da atriz Mary-Kate Olsen, em Manhattan, Nova York, na tarde desta terça-feira, 22. A morte pode ter sido causada por drogas, segundo informações do Departamento de Polícia da cidade. Ledger ficou famoso após sua atuação em O Segredo de Brokeback Mountain, no qual atuou como um cowboy homossexual que lhe rendeu uma indicação ao Oscar. Neste ano, aparecerá nos cinemas no papel do Coringa no novo filme do Batman, The Dark Knight, com estréia mundial prevista para 18 de julho.     Galeria de fotos    Ledger tinha uma sessão de massagem marcada no apartamento da atriz, segundo o porta-voz a polícia local. A empregada da casa foi para quarto do ator para avisá-lo que a massagista havia chegado, quando o encontrou nu e inconsciente em sua cama, com pílulas espalhadas próximas a seu corpo. Após notarem a morte, a massagista e a empregada ligaram para a polícia. As autoridades investigam o caso. Olsen, de 21 anos, estava na Califórnia, e ainda não está claro para a polícia o que Ledger estava fazendo em seu apartamento.   O ator tinha uma filha de dois anos, Matilda Rose Ledger, fruto de seu relacionamento com a atriz norte-americana Michelle Willians. Além do sucesso em O Segredo de Brokeback Mountain, o ator ainda atuou em outros filmes famosos, como O Patriota, de 2000, e 10 Coisas Que Eu Odeio em Você, em 1999. Numa entrevista em Londres, publicada em novembro do ano passado pelo jornal The New York Times, Ledger disse que se sentia "perdendo tempo se fosse repetir ele próprio", e não estava satisfeito com seu último papel - onde interpretou o cantor Bob Dylan, no filme I'm Not Here, de 2007, do diretor Todd Haynes.  

Mais conteúdo sobre:
Heath Ledger

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.