Astro de 'American Pie' estréia comédia 'Em Pé de Guerra'

Seann William Scott é John, um homem que não aceita a relação da mãe com um antigo professor seu

Alysson Oliveira, da Reuters,

08 de março de 2006 | 13h32

Quem nunca teve um professor que causou trauma na escola? Em especial alguns de educação física, que forçavam seus alunos a praticar os mais variados tipos de esportes sem que a criançada tivesse a menor aptidão.   Veja também: Trailer de 'Em Pé de Guerra'  A maioria das pessoas, quando cresce, acaba superando essas situações e leva uma vida normal. É isso que acreditava John Farley (Seann William Scott, da série de filmes American Pie), protagonista da comédia Em Pé de Guerra, que estréia nesta sexta-feira, 7. Quando criança, o gorducho John sofreu nas mãos do professor de educação física Woodcock (Billy Bob Thornton, de O Homem Que Não Estava Lá). Agora, anos mais tarde, deixou para trás esse fantasma do passado e ficou famoso com um livro de auto-ajuda. No entanto, mais cedo ou mais tarde, os fantasmas voltam. Agora, na forma de seu novo padrasto. O antigo professor de sua infância é agora o novo namorado da mãe de John, Beverly (Susan Sarandon, de Encantada). John tem a surpreendente notícia quando visita sua terra natal para contar à mãe que será homenageado com um prêmio durante um curioso Festival do Milho. Porém, nem os conselhos de seu livro de sucesso, Deixando Para Trás: Supere o Seu Passado, serão capazes de ajudar John a enfrentar os abusos verbais e físicos de Woodcock. Ao perceber que sua vida se transformará num grande inferno, John decide parar sua turnê de lançamento do livro pelos Estados Unidos e ficar por mais um tempo na cidade, para tentar acabar com o romance de sua mãe com o professor. Como se trata de uma produção hollywoodiana, não dá para esperar muito além das habituais reconciliações, abraços e a compreensão de que a diferença faz parte da vida. Apesar de tudo, é inegável que Thornton é uma escolha inspirada para o personagem do professor.

Tudo o que sabemos sobre:
Em Pé de Guerraestréias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.