As mais belas do Tapete Vermelho do Festival de Cannes

Cerimônia marcou a abertura da temporada de desfiles dos looks de gala

Flavia Guerra , O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2014 | 10h00

Todo festival de cinema tem seus clássicos. Ainda que em Cannes os olhos estejam voltados para os filmes que competem à Palma de Ouro, aos jovens diretores da Un Certain Regard e até mesmo aos produtores e realizadores que lotam o Marché du Film (o mercado de filmes, coproduções do evento), é impossível falar do festival sem falar no desfile de celebridades pelo Red Carpet.

Neste ano, de olho no mau tempo que tem feito na Croisette nos últimos anos, a organização instalou um imenso toldo transparente ao longo do percurso que os convidados de gala percorrem desde os carros, que param à beira do tapete vermelho, até o interior do Palácio dos Festivais. Tudo para garantir que look de luxo nenhum seja estragado pela chuva e pela ventania.

Quem abriu em grande estilo o desfile de vestidos de grife foi Nicole Kidman. A estrela de Grace: A Princesa de Mônaco causou impacto ao desfilar seu longo azul Armani Privé, cravejado de pedras e brocados. Quem também ousou foi Zhang Ziyi, que escolheu um Stéphane Rolland gráfico preto-e-branco. O mesmo fez Adele Exarchopoulos, a estrela de Azul é a Cor Mais Quente, vencedor da Palma em 2013, que optou por um Louis Vuitton.

Na galeria das mais discretas, Sofia Coppola apostou em um curto preto. Discreto e ao mesmo tempo moderno. Já Chiara Mastroianni poderia ter ousado mais em seu look grafiti, que passou discreto demais pelo Tapete Vermelho. Quem equilibrou bem o visual foi Jane Fonda, que surgiu em um longo vermelho bordado Elie Saab. Sexy e discreto na medida.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.