Iara Morselli/Estadão
Iara Morselli/Estadão

Artistas lamentam a morte do cineasta Breno Silveira

Nomes que trabalharam com o diretor, como Dira Paes e Zezé Motta, lamentaram a perda

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2022 | 15h41

Diversos artistas se manifestaram após a morte de Breno Silveira neste domingo, 14. Diretor de filmes como 2 Filhos de Francisco, Gonzaga: De Pai Para Filho e da série Dom, ele sofreu um infarto durante as gravações de Dona Vitória, no interior de pernambuco

Ao Estadão, o cineasta Walter Salles comentou: "A perda do Breno é irreparável para o cinema brasileiro. Era um apaixonado por sua profissão, e sabia compartilhar como poucos a sua incandescência com seus atores e companheiros de trabalho. Breno estabeleceu uma ponte fundamental entre o cinema brasileiro e o público, contando estórias em que o humano era sempre o foco central dos seus filmes. Perdemos um dos grandes cineastas brasileiros. Fará imensa falta a sua capacidade de se encantar, e encantar o mundo". 

Dira Paes, que viveu Helena, a matriarca do filme da família de Zezé Di Camargo e Luciano, postou: "Estou muito triste com a sua partida. Vá em paz, Breno Silveira! Falamos na semana passada. Agradeço pelos nossos filmes, pela parceria e pela alegria que tivemos a chance de compartilhar". 

"Triste com a partida de Breno Silveira. Um cara bacana, talentoso, criativo e parceiro. Muito novo para nos deixar cheio de planos na cabeça", lamentou Helio de la Peña sobre um dos produtores de Casseta e Planeta: A Taça do Mundo É Nossa (2003). Beto Silva, outro integrante do grupo de humor, também destacou a morte como "muito triste e chocante".

"Um incrível diretor e cineasta com quem tive o privilégio de trabalhar. Aos 58 anos ele nos deixa, e deixa também trabalhos brilhantes no cinema brasileiro. Fui dirigida pelo Breno em 2012, no Gonzaga: De Pai Para Filho. Tenho muito orgulho de termos feito esse trabalho. Meus sentimentos à família e aos amigos", escreveu a atriz Zezé Motta.

O apresentador Luciano Huck também demonstrou pesar: "O cinema brasileiro perdeu hoje de maneira repentina e precoce um dos seus expoentes mais talentosos, Breno Silveira. Diretor talentoso, pai dedicado e boa gente no mais alto grau. Uma tristeza".

Confira algumas postagens abaixo:

 

Tudo o que sabemos sobre:
Breno Silveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.