Arteplex terá programação de curtas-metragens

Diretores de curtas-metragens, atenção. Simultaneamente com o lançamento do Unibanco Arteplex, Adhemar Oliveira e Leon Cakoff estão fazendo o pré-lançamento do projeto Curta Petrobras Cinema. Com patrocínio da Petrobras, o programa vai exibir, nas salas 2, 3, 4 e 9 do novo complexo, filmes de curta duração que serão exibidos como complemento dos longas.É assim que Cabeça de Copacabana, de Rosane Svartmann, a diretora de Como Ser Solteiro, será exibido na sala 2, como complemento de Fast Food, Fast Women, de Amos Kollek; na sala 3, Dama da Noite, de Mário Diamante, acompanha a exibição de Gotas d´Água em Pedras Escaldantes, de François Ozon; na 4, Cartão Vermelho, da grande Laís Bodanzky, de Bicho de Sete Cabeças, passa com O Círculo, de Jafar Panahi; e na 9, Todo Dia todo, de Flávio Frederico, divide a tela com Baixo Califórnia - O Limite do Tempo, de Carlos Bolado.Pode-se falar em pré-lançamento, porque, esta semana, o Curta Petrobras Cinema estará em cartaz somente no Arteplex. Nas próximas semanas, o programa entra em outras dez cidades brasileiras, totalizando 36 salas, nas quais serão exibidos, num primeiro momento, 25 curtas. O formato é a menina dos olhos de Adhemar Oliveira, que já criou, no Espaço Unibanco, o já tradicional horário do Curta às Seis.A cada semestre, 25 títulos serão escolhidos por uma comissão formada pelo cineasta Sérgio Sanz; pela produtora Zita Carvalhosa, que criou o Festival Internacional de Curtas de São Paulo; por Leopoldo Nunes, da Associação Brasileira de Documentaristas; e por José Carlos Avellar, que coordena o programa Petrobras Cinema. O investimento anual é de R$ 360 mil. Cada filme selecionado no período receberá R$ 7 mil pelos direitos de exibição.Curta Petrobras Cinema. Sala 2 - Cabeça de Copacabana, de Rosane Swartman. Sala 3 - Dama da Noite, de Mário Diamante. Sala 4 - Cartão Vermelho, de Laís Bodansky. Sala 9 - Todo Dia Todo, de Flávio Frederico. De R$ 7 00 a R$ 11,00. Rua Frei Caneca, 569, 3.º piso do Shopping Frei Caneca, 3472-2365. Patrocínio: Petrobras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.