Após tensão do Oscar, astros se divertem em festas

Os mexicanos preferiam afogar as mágoas em uma festa particular, organizada no Roosevelt Hotel, bem ao lado do Kodak Theater. Os mais tradicionais, como Martin Scorsese e Helen Mirren, ficaram no Baile do Governador, organizado pela Academia de Hollywood. Já os mais descolados, como Will Smith, levou mulher e filho para a festa da revista Vanity Fair, enquanto a maioria dos músicos preferiu o bailão beneficente organizado por Elton John. Depois da cerimônia, os artistas se espalharam por Los Angeles, mas o assunto era um só: comentar sobre a premiação recém terminada. "Eu torcia por Babel como melhor filme, acho que trata de um assunto mais global, portanto, de importância mais abrangente", disse a atriz Faye Dunaway, presente à festa da Vanity Fair, cuja iluminação direta em seu rosto revelava o dedicado trabalho enfrentado por seu cirurgião plástico. O encontro organizado pela revista, aliás, primava pela divulgação, com espaços generosos dedicados aos fotógrafos, além de uma webcam dentro do salão. Apesar da movimentação e sofisticação, Will Smith era obrigado a tentar manter acordado seu filho, Jaden Christopher Syre Smith, que, embora esboçasse um sorriso a cada novo flash, estava visivelmente entediado. Ao contrário de Spike Lee, que chegou animadíssimo à mesma festa, festejando a premiação de Martin Scorsese. "Ele já é uma lenda do cinema mundial e merecia ser lembrado logo", disse. O cantor e ator Jon Bon Jovi também buscou alguns minutos de atenção ao passar pela festa, não se incomodando em parar para qualquer entrevista. "Como já trabalhei como ator, conheço a tensão que marca grandes premiações como a do Oscar", disse ele, disposto ainda a dar uma passada no encontro promovido por Elton John. Por falar nisso, o cantor britânico prometia oferecer o melhor lugar para se relaxar depois de uma tão competitiva cerimônia. "A tensão que marca o Oscar é enorme e nada melhor que uma boa festa para relaxar em seguida", disse ele. Na verdade, não é tão fácil assim desligar da tomada. Foi o que comentou Ellen DeGeneres, a mestre de cerimônias da noite. De mãos dadas com sua aparente namorada, uma loira de longos cabelos, a comediante dizia estar exausta. "Pode não parecer, mas eu estava muito nervosa antes do início da cerimônia", comentou Ellen, satisfeita com sua própria performance. "Eu me diverti muito e, quando isso acontece, normalmente influencia positivamente no trabalho."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.