Após largada do festival, Cannes prepara-se para as festas

Nos bastidores do festival de cinema deCannes, que começou nesta quarta-feira, um pequeno exército defuncionários de apoio está ocupado completando os preparativospara as festas e recepções que conferem à Croisette boa partede seu glamour. "É preciso pensar em todos os detalhes", disse aorganizadora de festas Celia Gumbau numa das grandes tendasmontadas na praia que vão abrigar almoços, reuniões, festas eentrevistas durante os 15 dias do festival. "Esta manhã o problema eram as flores. Mas a maioremergência até agora vem sendo encontrar velas", disse ela. Cannes pode ser conhecida principalmente como larespiritual do cinema de arte europeu, mas o festival sealimenta das celebridades de Hollywood, e as festas repletas deestrelas são uma parte tão crucial do festival quanto ospróprios filmes. Gumbau nasceu em Cannes mas iniciou-se profissionalmentetrabalhando na célebre boate parisiense Les Bains Douches. Elaé a encarregada de eventos de dois espaços administrados pelarede de boates e resorts Nikki Beach durante o festival. Uma maratona exaustiva aguarda cerca de cem funcionários,que mudam a decoração para acompanhar a sequência constante deeventos que vão desde um torneio de pôquer de celebridades como veterano de Hollywood Dennis Hopper até um jantar seleto paraos irmãos Dardenne, diretores de arte belgas. Os funcionários, em sua maioria profissionais experientesde hotéis do grupo, se hospedam em apartamentos alugados navizinha Juan-les-Pins, e o ambiente entre eles era alegreenquanto a contagem regressiva começava. Mas a programação é extenuante e, com a obrigação deagradar a alguns dos maiores nomes do cinema, não há lugar paraerros. Para os executivos do cinema que lotam Cannes na esteiradas estrelas, as festas são lugares para fazer contatos efechar negócios, além de terem papel grande na divulgação defilmes novos. O trabalho dos organizadores de eventos foi dificultadoeste ano pelo fato de os filmes do festival terem sidoanunciados com atraso. Mas ninguém espera muita condescendênciados clientes que correram para fazer reservas em cima da hora. "As pessoas podem ser muito exigentes", disse Gumbau. Serão servidos coquetéis especiais desenvolvidos pelaCointreau, tendo entre seus ingredientes ouro e pétalas devioletas. Três iates levarão as celebridades em passeios pelabaía, e uma gama de "presentes" opulentos aguarda alguns poucosfelizardos. Tudo isso tem seu custo, e os organizadores de eventosgastam centenas de milhares de dólares para que tudo saiaperfeito, mas Gumbau disse que vale a pena. "O importante não é lucrar, mas gerar publicidade econsolidar a marca do festival."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.