Reprodução
Reprodução

Após batalha judicial, George Lucas vai criar o próprio museu

Acervo contém relíquias pessoais, incluindo trajes e objetos de personagens como Darth Vader, Luke Skywalker e Princesa Leia

EFE, O Estado de S.Paulo

04 Janeiro 2017 | 10h27

O diretor, produtor e roteirista George Lucas desistiu de construir um museu dedicado a sua obra em Chicago e vai levar o projeto para a cidade de São Francisco, na Califórnia. Tudo isso após uma longa batalha judicial.

Em Chicago, o diretor chegou a receber uma autorização para construir seu Museu Lucas de Arte Narrativa em um terreno municipal, mas um requerimento judicial promulgado por um grupo de ambientalistas chamado Amigos dos Parques bloqueou a construção do prédio.

"Infelizmente acabou o tempo, e o Chicago perdeu uma instituição cultural de classe mundial, que teria fornecido empregos, milhões de dólares em investimentos e oportunidades educativas incontáveis para os jovens", afirmou o prefeito da cidade, Rahm Emanuel, que era um dos entusiastas pela construção do museu proposto por Lucas.

Com projeto do arquiteto chinês Ma Yansong, o Museu Lucas de Arte Narrativa deve ter três teatros, uma biblioteca e um centro educativo. A intenção de Lucas é exibir relíquias de seu acervo pessoal, incluindo trajes e objetos relacionados à personagens como Darth Vader, Luke Skywalker e Princesa Leia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.