Divulgação
Divulgação

Aos 105 anos, Manoel de Oliveira volta a filmar

Cineasta português vai rodar um curta-metragem inspirado em Camões

Ubiratan Brasil - O Estado de S.Paulo,

08 de abril de 2014 | 13h01

Aos 105 anos, o cineasta português Manoel de Oliveira revela-se um artista incansável. Afinal, ele começa amanhã (dia 9), a rodar um curta-metragem, ‘O Velho do Restelo, em sua cidade natal, Porto. Com isso, comprova ter solucionado seus recentes problemas de saúde – ele ficou internado no final do ano por problemas cardíacos.

Com O Velho do Restelo, Oliveira retoma sua reflexão sobre a história de Portugal através de textos de Luís de Camões e Miguel de Cervantes. O argumento se baseia em partes do livro ‘O Penitente’, do poeta português Teixeira de Pascoaes (1877-1952), e tem como personagem o mesmo de ‘Os Lusíadas’, que simboliza os pessimistas e reacionários da época dos descobrimentos portugueses.

Segundo a produtora O Som e a Fúria, a filmagem acontecerá de amanhã até domingo. A realização só será possível graças ao apoio do secretário de Estado da Cultura de Portugal, Jorge Barreto Xavier, e do respaldo da ministra de Cultura e Comunicação da França, Aurélie Filippetti.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaManoel de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.