Antonio Banderas ganha estrela na Calçada da Fama

Antonio Banderas conquistou sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood, dezesseis anos depois de chegar aos EUA e abrir seu caminho como ator. Banderas dançou sobre a estrela na célebre Hollywood Boulevard. Seu filme mais recente, A Legenda do Zorro, com Catherine Zeta-Jones, está prestes a estrear nos EUA, previsto para 28 de outubro. Assista ao trailer.Ao mesmo tempo em que conquista uma das mais cobiçadas honrarias do cinema, Banderas está de volta na Broadway. O ator vai estrelar a versão musical de Don Juan DeMarco, um filme de Jeremy Leven estrelado por Johnny Deep, com Marlon Brando no elenco. A história é sobre um homem que se considera o melhor amante do mundo. A direção do musical é de David Leveaux, o mesmo que o dirigiu no musical Nine."É uma honra, um privilégio chegar a este país há 16 anos sem um centavo no bolso", disse Banderas que nasceu na Espanha. "Muitas coisas se passaram desde então".O ator de 45 anos assistiu à cerimônia acompanhado de sua esposa, a atriz Melanie Griffith, sua filha de 9 anos, Stella, e outros membros de sua família, além da atriz Sharon Stone.Banderas lembrou-se da época em que voltava ao seu hotel a cada noite e olhava pela janela, diante da qual havia um outdoor, onde se via o rosto de uma mulher bonita, loira, pensativa, com a silhueta de Nova York ao fundo", com a legenda: Melanie Griffith, Working Girl (Uma Secretária de Futuro). A atriz, que recebeu uma indicação ao Oscar por seu papel neste filme, se casou com Banderas em 1996.Banderas começou sua carreira com o diretor espanhol PedroAlmodóvar, em sucessos de bilheteria como Mulheres à beira de um Ataque de Nervos e Matador. Seu primeiro papel em um filme de língua inglesa foi Os Reis do Mambo (The Mambo Kings).Depois deste filme, Banderas passou a interpretar personagens destacados em A Casa dos Espíritos, Evita, A Máscara do Zorro, e até emprestou a voz em para o filme de animação Shrek 2.Banderas é o ator de número 2.294 que recebe uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.