Animação 'Kung Fu Panda' faz humor com lutas marciais

Maior diferencial do filme, que traz vozes de Jack Black e Angelina Jolie, é o senso de diversão aguçado

Alysson Oliveira, da Reuters,

08 de julho de 2003 | 10h10

A animação Kung Fu Panda parte de um conceito tão simples que o título, por si só, já explica tudo. Seu protagonista é um urso panda tentando lutar kung fu, o que, sendo bem gordinho, não é nada fácil. O filme entra em circuito nacional, nesta sexta-feira, 4, em cópias dubladas e legendadas.  Veja também:Trailer de 'Kung Fu Panda'  Em Kung Fu Panda, os personagens são tão carismáticos e as imagens tão sedutoras que é fácil esquecer a simplicidade da história. Além disso, o maior diferencial desta animação para muitas outras é o senso de humor e diversão aguçados. A versão legendada traz as vozes de Jack Black, como o Panda, Angelina Jolie, a Tigresa, Dustin Hoffman, o mestre Shifu. Nos personagens coadjuvantes, atores como Lucy Liu e Jackie Chan. Na versão nacional, o urso é dublado por Lucio Mauro Filho e a tigresa, por Juliana Paes. O personagem-título é Po, que trabalha no restaurante de macarrão de seu pai, o ganso Sr. Ping. O fato de um panda ser filho de uma ave é uma evidente piada visual, porque nunca se procura explicar devidamente o detalhe absurdo. Po sonha em ser um mestre do kung fu. Mas seu pai acredita que ele deva herdar o restaurante. Não querendo magoar o pai, o panda afirma ter tido o "sonho do macarrão", que seria a prova de que ele vai mesmo manter a tradição da família. Ele finge ter aceitado esse destino até o dia em que é escolhido, meio ao acaso, para cumprir uma antiga profecia: receber o pergaminho do dragão e defender o vale de um leopardo da neve furioso que estava preso. Para desespero do Mestre Shifu, ele deverá treinar Po e deixá-lo no mesmo alto nível de seus melhores alunos, uma tigresa, um macaco, uma serpente, um louva-deus e uma garça - conhecidos como "os cinco furiosos". A escolha desses animais não foi ao acaso. Eles são inspirados em cinco estilos de lutas marciais. A escolha do panda e do cenário também não foi acidente - afinal, a Olimpíada deste ano será em Pequim.Depois que Mestre Shifu aceita treinar Po, o que segue é uma sequência de ação, com várias lutas envolvendo o leopardo malvado, os cinco alunos de Mestre Shifu e o confronto final com o panda. As imagens e o ritmo constante, além do bom timing da comédia, conseguem prender a atenção.

Tudo o que sabemos sobre:
'Kung Fu Panda'estréiacinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.