Anima Mundi: Etapa paulista comprova escolhas dos cariocas

Depois de dez dias de apresentação no Rio de Janeiro e cinco dias em São Paulo, terminou hoje o 8º Festival Internacional de Animação do Brasil, o Anima Mundi. No total, mais de 45 mil pessoas prestigiaram o evento nas duas cidades. O público carioca atingiu a marca de 28.877 pessoas. Em São Paulo, mais de 16 mil pessoas compareceram às sessões no MIS e no Centro Cultural da Fiesp. Em relação ao ano passado, o público paulista teve um aumento de 46%.Como no Rio de Janeiro, os ganhadores do festival foram escolhidos por meio de um júri popular. Na categoria Melhor Filme ganhou A Suspeita, do português José Miguel Ribeiro, uma animação simples, feita com bonecos, que conta a história de um homem que, num trem, suspeita estar sentado ao lado de um criminoso. Chifre de Camaleão, de Marcelo Fabri Marão, recebeu o prêmio de Melhor Filme Brasileiro. O Melhor Vídeo Brasileiro foi para Roubada, produzido por Maurício Vidal, Renan de Moraes e Sérgio Yamasaki, com recursos do prêmio especial que ganharam da TV Globo no ano passado, quando competiram com Hein!. O trio recebeu novamente esse ano o Prêmio Rede Globo de Incentivo. O ganhador dessa categoria recebe suporte técnico e equipamentos para produzir um novo trabalho.A Blue Sky Studios do EUA ganhou na categoria Portfólio. Para esse prêmio, é escolhido o melhor conjunto de animações de uma produtora. O primeiro lugar de Melhor Computação Gráfica (categoria que estreou no festival esse ano) ficou com Crocotires Traction AA, do japonês Tohru Patrick Awa. Na categoria Melhor Curtas em Vídeo, venceu Shshsh - Sintonias Incompletas, do português Mário Jorge da Silva Neves. Cocou, Monsieur Edgar! , do canadense Pierre Trudeau, venceu como Melhor Infantil.O vencedor do Prêmio de Melhor Filme do Anima Mundi 2000 recebe R$ 2,5 mil. O Melhor Filme Brasileiro ganha R$ 1,3 mil. O Melhor Infantil recebe R$ 1 mil e o Melhor Vídeo Brasileiro, R$ 800. O Melhor Portfólio e o Melhor Curta em Vídeo recebem cada R$ 700. Além disso, o Melhor Filme Brasileiro também recebe 2 latas de negativo 35 mm, serviço de Laboratório e apoio do Núcleo de Animação da Instituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.