Angelina Jolie leva filho à estréia de "Shark Tale"

Depois de atacarem no Festival de Cinema de Cannes, os tubarões da nova animação da DreamWorks, Shark Tale, ganharam première mundial no Festival de Veneza, na histórica Praça São Marcos, coração da cidade, com a presença de Angelina Jolie, Robert De Niro e Will Smith, que dublam personagens do filme. Angelina levou seu filho adotivo cambojano Maddox na sessão veneziana.A animação conta ainda com a voz de outras estrelas, como Renée Zellweger, Jack Black e Martin Scorsese, e narra a história de um pequeno peixe, Oscar (Will Smith), um malandro que quer dar um jeito de se livrar de uma dívida com um tubarão (Martin Scorsese), a quem deve 5 mil mariscos. Oscar arruma mais problemas ao espalhar a história de que matou um grande tubarão branco, filho do chefe da máfia local (De Niro), e tornar-se o herói do pedaço. Jack Black dá voz ao outro filho do mafioso, um tubarão vegetariano sensível que fica amigo de Oscar, objeto de interesse de um peixe fêmea sexy, Lola (Angelina). Os animadores tentaram desenhar os personagens para que eles fossem parecidos com as estrelas que os dublam. A peixinha de Angelina tem lábios grandes, sua marca registrada, e o peixe Oscar tem as orelhas parecidas com a de Smith. Durante o evento de promoção do filme, o ator Robert De Niro discordou das acusações de que seus personagens de mafiosos sujaram a imagem dos ítalo-americanos, dizendo que interpreta papéis realistas, mas que muitos deles podem ser considerados estereótipos. A defesa de De Niro aconteceu depois que a Ordem dos Filhos da Itália na América enviou uma carta ao governo italiano pedindo o cancelamento da premiação do ator com a cidadania honorária. O governo rejeitou o pedido e deve conferir a honra a De Niro no próximo mês. "Os personagens que fiz são reais. Mas há alguns personagens que interpretei, diferentes desses, que foram chamados de estereótipos, ou sei lá o quê", disse o ator.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.