Angelina Jolie fala com jornalistas por telefone

A atriz Angelina Jolie participou de uma conferência telefônica, a fim de divulgar seus esforços no sentido de arrecadar dinheiro para oferecer educação a mais de 100 milhões de crianças de nações pobres que atualmente não vão à escola.Angelina, que está em um resort na África aguardando o nascimento de seu filho com o ator Brad Pitt, tomou uma atitude pouco comum nesta quarta, ao agradecer à imprensa. Ela, que tem recebido ajuda das autoridades da Namíbia para manter os jornalistas longe dela, decidiu falar com a imprensa. O site da revista People publica hoje fotos da atriz, Brad Pitt e Zahara no deserto."Me emociona realmente ter esta oportunidade... De chamar a atenção das pessoas nesta semana. Em ocasiões pouco comuns, agradeço realmente à imprensa por sua atenção, pois isso é muito importante".Angelina participou do telefonema junto com o ministro das Finanças da Grã-Bretanha, Gordon Brown, assim como um dos principais assessores econômicos da Casa Branca durante a administração do presidente Bill Clinton, Gene Sperling, que atualmente é o diretor do capítulo dos Estados Unidos na Campanha Mundial para a Educação.Brown anunciou recentemente que a Grã-Bretanha incrementaria seusInvestimentos no projeto com US$ 15 milhões de dólares adicionaisnos próximos dez anos e conclamou os demais membros do Grupo dosSete países mais industrializados que igualem o compromisso britânico.Angelina assinalou que o assunto ganhou uma dimensão pessoal por causa de sua filha adotiva de um ano que nasceu na Etiópia, uma naçãoafricana onde há 6 milhões de crianças fora da escola."Vejo milha filha aprender coisas e preparar-se para a escola, e muitas outras coisas que tornam este tema muito pessoal para mim". Angelina e sua família estão em um hotel de luxo na Namíbia, um país africano que se tornou independente da África do Sul em 1990, após23 anos de guerra. Por outro lado, Angelina, que tem mantido segredo sobre a data do nascimento de seu bebê, disse a uma jornalista da rede de televisão NBC que ainda não completou oito meses de gravidez, conforme informou hoje o jornal USA Today.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.