EFE
EFE

Angelina Jolie e Brad Pitt ganham estátuas de cera no México

Imagem dos atores fazem parte do acervo do Museu de Cera da Cidade do México

EFE,

30 de dezembro de 2011 | 12h42

O casal de atores americanos Brad Pitt e Angelina Jolie, com todas as suas tatuagens, se incorporaram ao Museu de Cera da Cidade do México após vários meses de trabalhos, informou nesta quinta-feira a instituição.

Fazer a estátua de Pitt levou cinco meses, mas a de Angelina demandou mais tempo devido às complexas tatuagens que a atriz tem no braço, no ombro e nas costas, segundo informou o Museu de Cera.

Para manter a fidelidade dessas linhas e inscrições desenhadas no corpo da atriz, os criadores tiveram que consultar mais de 300 fotografias.

Pitt e Angelina são duas das 240 pessoas que estão representadas nesse museu. A figura do ator pesa 45 quilos e tem uma estatura de 1,80 metros, enquanto a réplica em cera da atriz pesa 25 quilos e mede 1,69 metros.

Os dois atores aparecem com as roupas que usaram no filme "Sr. e Sra. Smith", que foi um dos maiores sucessos de bilheteria do casal, acrescentou o Museu de Cera em comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
Angelina JolieBrad Pittcelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.