Angelina e Pitt vendem fotos de bebê e pretendem doar lucro

A atriz americana Angelina Jolie e o astro Brad Pitt mostrarão ao mundo as primeiras imagens de sua filha recém-nascida, ao venderem fotos de Shiloh Nouvel Jolie Pitt, cujos lucros serão revertidos para instituições de caridade. A notícia foi confirmada nesta segunda-feira pela agência de fotos que comprou as imagens. As imagens, feitas durante uma sessão de fotos privada, serão distribuídas pela agência de fotos Getty Images.Todo o lucro obtido com a venda será doado a instituições de caridade, contudo nenhum órgão especifico foi indicado para receber a quantia."Enquanto celebramos a alegria no nascimento de nossa filha, reconhecemos que dois milhões de bebês nascem todo o ano em países em desenvolvimento e morrem no primeiro dia de suas vidas", afirmou o casal em um comunicado conjunto. "Essas crianças podem ser salvas, mas somente se os governos de todo o mundo fizerem disso uma prioridade", acrescenta o documento.A porta-voz da Getty Images, Deb Trevino, informou que a família irá nomear em seguida qual instituição filantrópica receberá o dinheiro. Ela não revelou por quanto as fotos seriam vendidas, ou quando elas seriam distribuídas.Shiloh Nouvel Jolie-Pitt nasceu no dia 27 de maio na Namíbia. Nas semanas anteriores ao nascimento, o casal viajou para o país africano para esperar a chegada do bebê com mais privacidade. O parto foi realizado por meio de uma cesariana e o bebê pesava cerca de três quilos e segundo os médicos gozava de saúde perfeita. O casal ainda não fez sua primeira aparição publica desde o nascimento de sua filha. Pitt e Angelina, que se apaixonaram durante as filmagens de Sr. e Sra. Smith, no ano passado, têm mais dois filhos adotivos, o cambojano Maddox e a etíope Zahara. Os dois comemoraram o nascimento de Shiloh Nouvel com uma doação de US$ 300 mil aos hospitais da Namíbia, e doaram US$ 15 mil para uma escola e uma associação de moradores na cidade de Swakopmund, que visitaram antes do parto.Pitt, de 42 anos, divorciou-se da atriz Jennifer Aniston no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.