Angelina e Pitt vendem foto do bebê por US$ 3,5 milhões

Paparazzi de todo o mundo rondam o resort Burning Shores Lodge, na Namíbia, em busca de uma foto do célebre casal de Hollywood Angelina Jolie e Brad Pitt, que aguardam no local o nascimento de seu primeiro filho, esperado para meados de maio. Há rumores de que leões rondam o local para impedir o acesso dos fotógrafos, jornalistas foram expulsos do país ou mantidos à distância por meio de pulverizadores de pimenta, entre outras lendas.Tudo pelo desejo de atrair a atenção do mundo para a África. Enquanto isso, a imprensa hollywoodiana vive uma verdadeira guerra pela publicação da primeira foto do bebê. O casal apelidado pela imprensa como "Brangelina" vai pedir um valor astronômico pela foto. Especula-se que o preço da primeira foto do bebê está em torno de US$ 1 milhão. E pode aumentar ainda mais se eles também decidirem se casar na Namíbia.Na mídia impressa, a revista People já teria comprado a exclusividade de direitos de publicação da foto do bebê, realizando em troca uma doação de US$ 3,5 milhões para o Fundo das Nações Unidas (Unicef). Angelina é embaixadora da Unicef desde 2001. A exclusiva para TV deverá ser do programa de televisão norte-americano Dateline, da NBC, com entrevista concedida à jornalista Ann Curry. Ela viajou para a África para gravar uma entrevista com Angelina, que se dedica agora a uma nova causa, pedindo para que todas as crianças do mundo tenham a oportunidade de estudar. A entrevista vai ao ar nesta quinta-feira, no programa "Today" da NBC e no domingo, no Dateline, também da NBC.Há rumores, ainda, de que um helicóptero estaria preparado para que o casal abandone o luxuoso resort a qualquer momento para que Angelina dê à luz em outro lugar, ou que o bebê receba um nome africano, estreitando as relações do casal com o continente.Angelina, de 30 anos, ganhadora de um Oscar por Garota Interrompida e Pitt, de 42 anos, iniciaram seu romance enquanto rodavam o filme Sr. e Sra. Smith. O casal têm dois filhos adotivos, Maddox, de 4 anos, e Zahara, de um ano.

Agencia Estado,

26 de abril de 2006 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.