Kevork Djansezian/REUTERS
Kevork Djansezian/REUTERS

Amy Pascal deixa o cargo de vice-presidente da Sony Pictures

Decisão ocorre dois meses após os e-mails de Amy serem hackeados, revelando conversas privadas constrangedoras

REUTERS

05 de fevereiro de 2015 | 16h16

Amy Pascal foi demitida do cargo de vice-presiente da Sony Pictures Entertainment. Ela deve começar uma produção no estúdio que foi atingido por um ataque virtual no ano passado, segundo informou a companhia nesta quinta-feira. 

A notícia vem dois meses após os e-mails de Amy serem acessados por hackers, revelando conversas privadas constrangedoras.

Amy afirma que o presidente da Sony, Michael Lynton, falava sobre sua transição para produtora há algum tempo. "Estou deixando o estúdio em boas mãos", disse, em um comunicado da companhia.

A Sony ainda não revelou quem vai ocupar o posto.

Amy dará início à sua nova produção em maio de 2015, focando em cinema, televisão e teatro, segundo o estúdio. Como parte de um acordo de quatro anos, a Sony Pictures vai financiar a produção de Amy e deter os direitos de distribuição dos produtos.

Tudo o que sabemos sobre:
CinemaSony

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.