´Amores´, de Domingos de Oliveira, sai em DVD

Sai em DVD um dos mais simpáticos trabalhos do moderno cinema brasileiro - Amores, de Domingos Oliveira. O filme tem origem em uma peça de teatro de sucesso e continua tendo graça na tela. Fala, como diz o título, da mais complicada das atividades que é relacionar-se com o próximo. Em especial quando essa relação envolve amor, paixão, desejo, seja de que forma for.O próprio Domingos interpreta Vieira, um roteirista da Globo em via de perder o emprego. Tem um casal de amigos, Telma e Pedro, que estão tentando um filho temporão. A filha de Vieira passa de um namorado a outro, sem encontrar rumo. E outra amiga de Vieira, a cantora Luíza, pensa que encontrou um grande amor, até se dar conta de que o rapaz é portador de um "pequeno" problema.São impasses amorosos de gente de classe média alta, intelectualizada. Artistas, funcionários da Globo, escritores, entertainers. Gente que se expressa adequadamente, vive bem sem ser rica, diverte-se, lê, vai ao cinema, e, no meio tempo, tenta ser livre e - por que não? - feliz. O que é mais complicado ainda.Amores respira uma domesticidade interna que, longe de cheirar a cabotinismo, o torna mais intimista e autêntico. Quem conhece Domingos sabe que ele é muito parecido com Vieira. Ideal, portanto, para interpretá-lo. A amiga que quer ter um filho é Priscilla Rozembaum, sua mulher na vida real. A adolescente rebelde é Maria Mariana, sua filha verdadeira. E vai por aí.Domigos é um cara "pra frente" como se dizia no tempo em que era jovem. Liberal, aberto ao novo, levemente de esquerda sem que a opção seja levada muito a sério. Na história, ele é tudo isso, mas também deseja ter família constituída, envelhecer em paz com os netos e gozar de certa segurança, para tomar seu uisquinho sossegadamente. Essa contradição entre o feijão e o sonho - mais comum do que se imagina - dá ao filme um encanto suplementar. Porque se vê que o diretor, que é também o criador da história, está plenamente consciente dela. ?Amores?. Brasil, 1999. Dir. de Domingos Oliveira, com Priscilla Rozembaum, Clarice Niskier. Versátil Home Video

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.