California Filmes
California Filmes

'Amigos Para Sempre' surpreende e lidera bilheteria nos EUA com US$19,5 mi

Filme com Bryan Cranston e Kevin Hart é baseado no sucesso francês 'Os Intocáveis'

Rebecca Rubin, Reuters

14 Janeiro 2019 | 11h37

LOS ANGELES (Variety.com) - Em uma surpreendente bilheteria, Amigos Para Sempre, da STX, superou as expectativas com sua estreia de 19,5 milhões de dólares, o suficiente para derrotar o reinado de três semanas de Aquaman na América do Norte.

Bryan Cranston e Kevin Hart co-estrelam o filme, que marca a primeira liderança do estúdio na bilheteria. Também é considerado o segundo melhor momento da STX Film após o longa Perfeita é a Mãe, que foi lançado com 23 milhões de dólares em 2016.

O que é ainda mais animador para a STX é que Amigos Para Sempre, baseado no sucesso francês de 2011 Os Intocáveis, foi capaz de superar seu caminho rochoso para a tela grande. A Companhia Weinstein estava originalmente a bordo para distribuir o drama cômico, sobre um bilionário tetraplégico que faz amizade com um ex-condenado contratado para ajudá-lo.

O filme estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2017, mas foi arquivado depois que acusações de agressão sexual contra Harvey Weinstein vieram à tona. A STX e a Lantern Capital compraram os direitos e trabalharam com o diretor Neil Burger para recriar o filme, na esperança de que fosse mais acessível para um público mais amplo.

Mas a verdadeira vencedora nos cinemas neste fim de semana foi Nicole Kidman. A atriz australiana co-estrelou Amigos Para Sempre e Aquaman, os dois principais filmes da bilheteria doméstica.

A aventura de super-heróis da Warner Bros., Aquaman ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares em todo o mundo. O filme caiu para o segundo lugar nas bilheterias dos EUA, conquistando 17 milhões de dólares em 3.863 locais, no seu quarto fim de semana.

A Dog’s Way Home, da Sony, ficou em terceiro lugar. A aventura sobre um cachorro (dublado no áudio original por Bryce Dallas Howard) que se separou de seu dono estreou no mesmo nível das estimativas, arrecadando 11 milhões de dólares em 3.090 cinemas. É um começo promissor considerando que o filme, co-estrelado por Ashley Judd e Edward James Olmos, custou 18 milhões de dólares para ser produzido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.