Amigos falam sobre a morte de Marlon Brando

Francis Ford Coppola - Marlon Brando, foi um homem cujo comportamento imprevisível fez dele igualmente fascinante fora das telas. Aclamado o melhor ator de sua geração e vencedor de dois Oscars, influenciou alguns dos melhores atores de seu tempo, como Al Pacino, Robert De Niro e Jack Nicholson. "Marlon odiaria a idéia de ver as pessoas aparecendo para comentar a sua morte. Tudo o que vou dizer é que estou triste por ele ter partido", disse Francis Ford Coppola, que o dirigiu em O Poderoso Chefão e Apocalipse Now, entre outros.Elizabeth Taylor - "Eu sentirei a falta dele além da conta", disse a atriz, que contracenou com Brando em O Pecado de Todos Nós, dirigido por John Huston em 1967.Robert Duvall - Para o ator norte-americano Robert Duvall, que contracenou com Brando em O Poderoso Chefão, Marlon Brando, foi "maior" e "mais original" do que o ator inglês Laurence Olivier, reconhecido como um dos maiores atores de todos os tempos por suas interpretações de Shakespeare.James Caan - "Ele influenciou mais atores jovens da minha geração do que qualquer outro artista", disse seu amigo de longa data e colega em O Poderoso Chefão, James Caan (que interpretou Sonny Corleone), hoje, por meio de seu assessor. "Quem negar isso é porque não entende nada do assunto", disse o ator. James Garner - "A América perdeu sua principal estrela de cinema. Ele era o melhor. No que me diz respeito, posso dizer que ele também era um ótimo amigo. O mundo vai sentir a falta dele."Robert Evans, presidente da Paramount Pictures na época que O Poderoso Chefão foi filmado - "Certamente eu me sinto triste com a perda de um dos melhores artistas da América".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.