Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Americanos querem refilmar "O Invasor"

A boa nova no estande do GrupoNovo de Cinema e TV, no Mercado do Filme do Festival de Cannes, é que O Invasor,de Beto Brant, foi comprado pela Gala Films, da Inglaterra, amaior empresa especializada no lançamento de produçõesestrangeiras no Reino Unido. A Gala planeja lançar OInvasor logo após o Festival de Londres, no segundo semestre.Além disso, produtores americanos estãobrigando pelos direitos de refilmagem do thriller de Brant.Qualquer dia, você poderá rever, nos Multiplex da vida, OInvasor em inglês e com Schwarzenegger . Vai ser outro filme,com certeza. Outra novidade do Brasil aqui na Croisette. Paulo SérgioAlmeida, do Filme B, banco de dados sobre o mercado de cinema noPaís, está lançando a segunda edição do seu CD-ROM, com tudo oque você precisa saber sobre o desempenho dos filmes brasileirose estrangeiros no mercado nacional, no ano passado. XuxaPopstar foi o campeão de bilheteria entre os filmes produzidosno País, com 2,38 milhões de espectadores. Harry Potter e aPedra Filosofal foi o recordista estrangeiro. Lançado emnovembro, faturou em apenas um mês a fábula de 4,6 milhõesde espectadores. Almeida informa que obtém os dados com o Sindicatode Distribuidores do Rio e os cruza com pesquisas do próprioFilme B. Dessa maneira, fornece não apenas informações sobre odesempenho de filmes, mas também sobre o mercado em geral, quaisas praças que mais faturam, os conjuntos de salas. Hoje ele fala num conceito que vai além do Multiplex, osMegaplex, com mais de 12 salas. O da Barra, no Rio, com 18 salas, é campeão de público no Brasil, registrando cerca de 28 milespectadores no fim de semana. Você pode atualizar-se sobre issocomprando o CD-ROM, à venda (por R$ 100) no sitewww.filmeb.com.br. No segundo semestre, Almeida anuncia olançamento, em papel, de Quem É Quem, guia de 500personalidades que fizeram (e ainda fazem) a história do cinemabrasileiro. São diretores, atores, técnicos. Uma equipe depesquisadores levantou os dados e agora Almeida trabalha naredação final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.