AP Photo/Chris Pizzello
AP Photo/Chris Pizzello

AMC e Cineworld adiam novamente reabertura de cinemas nos EUA

Cinemas de todo o mundo foram fechados em meados de março, quando vários países adotaram isolamentos e medidas de distanciamento social para limitar a disseminação da pandemia de coronavírus

Ayanti Bera, Reuters

23 de julho de 2020 | 16h25

A AMC Entertainment Holdings Inc disse nesta quinta-feira que adiou a reabertura de seus cinemas nos Estados Unidos para um período entre meados e fim de agosto, alinhando-se às novas datas de lançamento de filmes como Mulan, da Disney.

A britânica Cineworld Group PLC também postergou a data de reabertura nos EUA para meados de agosto, mas mantém os planos de receber os cinéfilos do Reino Unido de volta às suas salas no final deste mês.

Cinemas de todo o mundo foram fechados em meados de março, quando vários países adotaram isolamentos e medidas de distanciamento social para limitar a disseminação da pandemia de coronavírus.



A AMC, a maior operadora de cinemas do mundo, havia adiado a reabertura em duas semanas, ou para 30 de julho. A Cineworld, proprietária da rede Regal Cinemas nos EUA, também havia adiado sua data de reabertura para 31 de julho nos EUA e no Reino Unido.

Cerca de um terço de todos os cinemas da AMC na Europa e no Oriente Médio já reabriram e estão funcionando normalmente, informou a empresa.

No início desta semana, a Warner Bros. adiou por tempo indeterminado o lançamento de Tenet, de Christopher Nolan, que antes estava previsto para 12 de agosto.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.