Almodovar, Tarantino e Von Trier disputam a Palma em Cannes

Novo trabalho do veterano cineasta francês Alain Resnais, de 86 anos, também concorre ao prêmio do festival

Efe,

23 de abril de 2009 | 11h23

O novo trabalho do veterano cineasta francês Alain Resnais, de 86 anos, "Les Herbes folles" foi indicado para a Palma de Ouro de Melhor Filme no Festival de Cannes, na França, e concorre com obras de Ang Lee, Isabel Coixet, Lars von Trier, Pedro Almodóvar, Quentin Tarantino -todos estes na casa dos 50 anos.

Veja também:

link Longa de Heitor Dhalia está na seleção oficial

Dois diretores espanhóis concorrem na categoria principal: o consagrado Almodóvar por "Los abraços rotos" e a menos conhecida Isabel Coixet, por "Map of the sounds of Tokyo". Também são dois os filmes concorrentes à Palma de Ouro que foramdirigidos por cineastas americanos: "Inglorious Bastards", de Quentin Tarantino, e "Taking Woodstock", de Ang Lee, este uma comédia sobre o famoso festival de música que completa quatro décadas neste ano. A lista é fechada por "Antichrist", do dinamarquês Lars von Trier.

A 62ª edição do Festival de Cannes será aberta em 13 de maio com a animação "Up" dos estúdios Walt Disney e terminará no dia 24 do mesmo mês com "Coco Chanel & Igor Stravinsky", de Jan Kounen.

Alista de filmes da seleção oficial do 62º Festival de Cannes é a seguinte:

Em competição

- "Los abraços rotos", de Pedro Almodóvar.

- "Fish Tank", de Andrea Arnold.

- "Um prophète", de Jacques Audiard.

- "Vincere", de Marco Bellocchio.

- "Bright Star", de Jane Campion.

- "Map of the sounds of Tokyo", de Isabel Coixet.

- "A l'origine", de Xavier Giannoli.

- "Das Weisse Band", de Michael Haneke.

- "Taking Woodstock", de Ang Lee.

- "Looking for Eric", de Ken Loach.

- "Chun feng chen zui de ye wan", de Lou Ye.

- "Kinatay", de Brillante Mendoza.

- "Enter the void", de Gaspar Noe.

- "Bak-Jwi", de Park Chan-wook.

- "Lhes herbes folles", de Alain Resnais.

- "The time that remains", de Elia Suleiman.

- "Inglourious basterds", de Quentin Tarantino.

- "Vengeance", de Johnnie To.

- "Visage", de Tsai Ming-liang.

- "Antichrist", de Lars Von Trier.

Fora de competição:

- "Agora", de Alejandro Amenabar.

- "The imaginarium of Dr.Parnassus", de Terry Gilliam.

- "L'armée du crime", de Robert Guédiguian.

Sessões da meia-noite:

- "A town called panic", de Stéphane Aubier e Vincent Patar.

- "Drag me to hell", de Sam Raimi.

- "Ne te retourne pas", de Marina de Van.

Sessões especiais:

- "My Neighbor, my killer", de Anne Aghion.

- "Manila", de Adolfo Alix Jr. e Raia Martin.

- "Min ye", de Soulymane Cisse.

- "L'epine dans lhe coeur", de Michel Gondry.

- "Petition", de Zhao Liang.

- "Kalat hayam", de Keren Yedaya.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.