Almodóvar e Salles disputam Ariel mexicano

O filme Tudo sobre Minha Mãe, do espanhol Pedro Almodóvar é um dos três indicados à categoria de ?Melhor Filme Iberoamericano? do prêmio cinematográfico mexicano Airel, informaram hoje os organizadores da premiação. A Vendedora de Rosas, do colombiano Víctor Gaviria e O Primeiro Dia, dos brasileiros Daniela Thomas e Walter Salles, competirão com o filme de Almodóvar - que foi o ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro -, pelo Ariel mexicano, que pela primeira vez, em 53 anos, será concedido a um filme estrangeiro.Além disso, o polêmico filme La Ley de Herodes (A Lei e Herodes), uma sátira política que bateu recordes de bilheteria depois que as autoridades mexicanas tentaram censurá-lo, sem êxito, recebeu 14 indicações ao Ariel, inclusive nas categorias de ?Melhor Filme?, ?Melhor Diretor?, ?Melhor Direção? e ?Melhor Ator?. ?A produção mexicana continua sendo baixa, mas a qualidade cresceu este ano, por isso o concurso é muito mais competitivo?, explicou Silvia Gil, portavoz da Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas, que organzia o Ariel.?Das três produções indicadas como ?Melhor Filme?, duas são adaptações de obras-primas da literatura e isto é muito significativo?, disse Silvia. Del Olvido al no me Acuerdo, de Juan Carlos Rulfo, filho do prestigiado escritor mexicano Juan Rulfo e Rito Terminal, de Oscar Urrutia, são os longa-metragens que competirão na categoria de ?Melhor Filme?.O Ariel foi criado em 1947 e, desde então, se converteu no principal prêmio cinematográfico do México. Atualmente, a Academia Mexicana é dirigida pelo diretor de El Callejón de los Milagros, Jorge Fons, que no próximo dia 24 de julho presidirá a 42.ª Cerimônia de entrega do Ariel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.