Pierre-Philippe Marcou/ AFP
Pierre-Philippe Marcou/ AFP

Almodóvar critica Instagram por retirar cartaz de seu novo filme

'Madres Paralelas', que vai abrir o Festival de Veneza, traz um mamilo lactante

AFP, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2021 | 07h25

O diretor espanhol Pedro Almodóvar alertou, na quinta, 12, para o controle excessivo dos algoritmos, após a retirada temporária, por parte do Instagram, do cartaz de seu novo filme, Madres Paralelas, que representa um mamilo lactante.

Em um texto publicado na conta oficial de Penélope Cruz, uma das protagonistas do filme, o diretor agradeceu aos internautas e à imprensa por terem "conseguido que as mentes por trás do algoritmo que decide o que é, ou não, obsceno e ofensivo tenham recuado e permitam que o cartaz circule livremente". 

No pôster, vê-se o mamilo e a gota de leite dentro do contorno de um olho, sobre um fundo vermelho, dando ao conjunto a aparência de um olho que derrama uma lágrima.

O cartaz foi retirado brevemente do ar nesta rede social na segunda, 9, após sua primeira publicação por não respeitar as condições de uso da plataforma. 

O incidente gerou polêmica nas redes sociais e na imprensa espanhola.

"Temos que nos manter em alerta antes que as máquinas decidam o que podemos fazer e o que não podemos fazer", advertiu Almodóvar. "Sempre confiei na amabilidade dos desconhecidos, mas desde que sejam humanos, e um algoritmo não é humano", acrescentou.

Diante da polêmica, o Instagram disse na quarta-feira lamentar o ocorrido, conforme porta-voz do grupo Facebook, proprietário desta rede.

"Retiramos inicialmente várias publicações com esta imagem por violarem nossas regras sobre nudez", explicou o porta-voz. "Abrimos, porém, exceções, para permitir a nudez em algumas circunstâncias, como quando há um contexto artístico claro. Por isso, restabelecemos as publicações compartilhando o cartaz do filme de Almodóvar no Instagram, e lamentamos muito por toda confusão causada."

O Instagram é regularmente acusado de exagerar na remoção automática de imagens, no âmbito de sua política contra conteúdo pornográfico.

A rede declara que suas regras evoluíram e se tornaram mais equilibradas para fazer exceções, quando se trata, por exemplo, de imagens de amamentação, nudez em manifestações, ou na arte.

Madres Paralelas estreia em 10 de setembro nos cinemas espanhóis. Antes, porém, abrirá o 78º Festival de Cinema de Veneza, que acontece de 1º a 11 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.