Almodóvar conta como surgiu seu novo filme

'Los Abrazos Rotos' contará com Penélope Cruz como protagonista novamente

Ansa

08 de abril de 2028 | 19h07

Em entrevista, o cineasta espanhol Pedro Almodóvar conta como conseguiu tirar proveito de seus males para criar um novo filme. Dos freqüentes ataques de cefaléia e de fotofobia (sensibilidade à luz), o diretor tirou a inspiração para Los Abrazos Rotos. "Vivi por meses como prisioneiro de um quarto escuro: não podia acender a luz, nem ver DVDs ou escrever usando o computador. Um verdadeiro paradoxo para um diretor que ama as cores acesas e vivas em meio aos refletores", conta Almodóvar à revista Ciak. O espanhol conta que podia somente fantasiar e assim concebeu seu novo filme, "sem nenhum elemento autobiográfico, nenhuma dor de cabeça nem intensas terapias neurológicas [como aconteceu com ele]." "É, na verdade, um romanesco filme de amor e de dolorosas traições, em que a escuridão terá um papel determinante para a protagonista Penélope Cruz", continuou. No filme, Penélope vive uma dupla vida, como mulher da dor, morena, sofrida, mas também como uma moça espirituosa, popular e bonita.

Tudo o que sabemos sobre:
Almodóvar, Penélope Cruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.