Guillaume Horcajuelo/Efe
Guillaume Horcajuelo/Efe

Almodóvar competirá pela Palma de Ouro em Cannes com 'A Pele que Habito'

Espanhol disputará com Lars von Trier, Nanni Moretti, Terrence Malick e Paolo Sorrentino

Efe,

14 Abril 2011 | 11h51

PARIS - O cineasta espanhol Pedro Almodóvar concorrerá à Palma de Ouro na 64ª edição do Festival de Cannes, entre 11 e 22 de maio próximos, junto a nomes como Lars von Trier, Nanni Moretti, Terrence Malick e Paolo Sorrentino, anunciaram nesta quinta-feira os organizadores.

 

O filme A Pele que Habito, do diretor espanhol, é um dos 19 concorrentes deste ano, explicou o diretor do Festival, Thierry Frémaux, reconhecendo que a inclusão de Almodóvar ocorreu de "última hora".

 

O diretor espanhol viu finalmente incluído seu filme junto com os de outra seleção de diretores, veteranos e jovens cineastas que apresentam inclusive sua primeira obra.

 

Almodóvar volta ao festival acompanhado de outros cineastas consagrados, alguns deles "frequentes" de Cannes, como Lars von Trier, Nanni Moretti e Aki Kaurismäki.

 

O dinamarquês Von Trier apresentará Melancholia, Moretti levará a Cannes seu filme Habemus Papam e Kaurismäki estreará no festival seu filme Le Havre, rodado na França.

 

Os organizadores do Festival de Cannes anunciaram que uma das atrizes "preferidas" de Almodóvar, Penélope Cruz, também estará neste ano na Croisettte, com Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, que será exibido fora da competição.

 

Este ano Cannes será aberto com o filme de Woody Allen Midnight in Paris, embora não esteja competindo.

 

Além dos mencionados, competirão os irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, com Le Gamin au Vélo, Terrence alick, com The Tree of Life e Julia Leigh, com Sleeping Beauty.

 

Completam a lista Bertrand Bonello (L'apollonide-Souvenirs de la Maison Close); Alain Cavalier (Pater); Joseph Cedar, com Bir Zamanlar Anadolu'da; Naomi Kawase (Hanezu no Tsuki) e Maïwenn, com seu filme Polisse.

 

Os outros filmes são: La Source des Femmes, de Radu Mihaileanu; Ishimei, de Takashi Mike; We Need to Talk About Kevin, de Lynne Ramsay; Micael, realizado por Markus Schleinzer; This Must be the Place, de Paolo Sorrentino e Drive, dirigido por Nicolas Winding Refn.

Mais conteúdo sobre:
cannes almodóvar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.