Alencar filma romance de Garrincha no Chile

Terminou hoje em Santiago do Chile a etapa chilena das filmagens de Estrela Solitária, a cinebiografia de Garrincha. Co-produção entre Brasil e Chile, parte do filme foi rodado naquele país por causa dos dias de romance entre Garrincha e Elza Soares durante a Copa do Mundo que o Brasil venceu em 1962.No Chile, Garrincha e Elza "fazem coisas proibidas e deixam se levar pela paixão", diz Taís Araújo, que vive a cantora. Uma das cenas rodadas no Chile, segundo Taís, mostra Elza Soares aparecendo para Garrincha enquanto ele toma banho numa banheira. O craque do Botafogo do Rio e da seleção brasileira é interpretado por André Gonçalves.As cenas de Estrela Solitária gravadas no Chile vão mostrar Elza Soares chegando a Santiago para se juntar a Garrincha. Ela entra no Estádio Nacional vestida com uma roupa que tem as cores da bandeira do Brasil. Dentro do vestiário, os jogadores da seleção reunidos notam a entrada de Elza. Garrincha a devora com os olhos. Nilton Santos (Alex Schumacher) pede que ela saia. Ao fundo, vê-se Pelé (vivido pelo ator chileno Carlos Muhire) de costas, com o número 10 estampado nas costas.As estripulias amorosas de Garrincha no filme não param no Chile, e tão pouco com Elza Soares. A atriz Tatiana Merino, também chilena, interpreta Anegelita Martínez, a amante argentina de Garrincha. Para o diretor Milton Alencar, Estrela Solitária trata Garrincha "em toda sua magnitude, não apenas em termos futebolísticos, mas também do ocaso de um ídolo que afinal era um ser humano comum".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.