Alec Baldwin é processado por ex-sócia

Uma ex-sócia de Alec Baldwin entrou com uma ação contra o ator de Caçada ao Outubro Vermelho acusando-o de lhe dever US$ 125 mil. Corrinne Mann reclama metade do dinheiro que teria sido pago à Dorado Pictures, empresa que os dois fundaram em 1995, pelos direitos do filme Second Nature. Segundo o texto da ação, a TNT desembolsou US$ 250 mil para exibir o filme, mas ela não recebeu nenhume centavo. Corrinne e Baldwin desfizeram a parceria em 1998, mas a negociação teria ocorrido antes disso. A assessoria do ex-marido de Kim Basinger preferiu não comentar o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.